4 de agosto de 2017
Por: Comunicação


O coordenador geral do Sinasefe Seção Ifes, Aliomar da Silva, e o representante da nacional Roberto Wallace Viana participam da reunião. Eles também vão participar do Fonasef

WhatsApp Image 2017-08-04 at 14.43.10

A Coordenação Nacional das Entidades de Servidores Federais (CNESF) está reunida. O encontro está acontecendo na tarde desta sexta-feira, 4, precedendo a Reunião Ampliada do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasef). A reunião ocorre na sede do Andes-SN, em Brasília.

A pauta central do espaço é o debate sobre a reorganização da Coordenação.

O SINASEFE tem posição de Plenária Nacional que aponta para a reconstrução da CNESF e convocou todas as suas seções para participar.

O coordenador geral do Sinasefe Seção Ifes, Aliomar da Silva, e o representante da nacional Roberto Wallace Viana participam da reunião. Eles também vão participar do Fonasef.

“A CNESF é uma coordenadoria que funcionou bem na época do Color e do Fernando Henrique e na era Lula ela acabou. Agora as entidades resolveram reativá-la. Funciona com diretoria estabelecida pelas entidades e tem mais força que o Fonasef pois é deliberativa. É uma forma de unificação dos servidores federais, o que sempre é importante para a luta. Ainda mais no momento de tantos ataques que estamos enfrentando”, avaliou Silva.

Fonasef

O Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais (Fonasef)  realizará nos dias 4, 5 e 6 de agosto, em Brasília-DF, mais uma Reunião Ampliada com as bases das entidades classistas dos servidores públicos federais (SPF).

O evento terá como objetivo pautar a retomada das lutas do Fonasef, possuindo em seu foco as reivindicações da Campanha Salarial 2017 do funcionalismo federal.

Temário

A defesa dos serviços públicos de qualidade para a população e dos direitos dos servidores será o temário central dessa Reunião Ampliada, que acontecerá dentro da conjuntura de vigoração da EC 95/2016 e de ameaça constante aos direitos da classe trabalhadora – com a aprovação da Reforma Trabalhista e com o anúncio de um Plano de Demissão Voluntária (PDV) em curso para os SPF.

358 View