8 de agosto de 2012
Por: Haroldo Lima


O Sinasefe Seção Ifes realiza nesta quinta-feira, 9, mais uma assembleia extraordinária no Campus Vitória, a partir das 13h. A assembleia é estratégica para a luta dos servidores federais da educação, principalmente para os TAE. Nela, os trabalhadores vão discutir a proposta do governo para os TAE, articular propostas e eleger delegados para a 113º Plena do Sinasefe Nacional.

Em reunião realizada na segunda-feira, 6, o governo apresentou uma proposta de reposição das perdas salarias muito abaixo da anseada pelos técnico-administrativos brasileiros, mas ignorou os outros itens da pauta de reivindicação.

O Ministério do Planejamento apresentou, como na proposta oferecida aos docentes, conceder 5% durante três anos, a partir de 2013.
Como afirmado pelos Sindicatos Nacionais Fasubra e Sinasefe na mesa de negociação, a proposta não contempla as reivindicações dos servidores, por isso, provavelmente seria negada nas assembleias da base.

O governo está sento mais uma vez irresponsável com a categoria, pois só abriu a discussão acerca do reajuste e, ainda assim, apresentou uma proposta rebaixada. Temos que manter nossa mobilização para garantir uma análise sóbria da atual proposta e reivindicar a negociação dos outros pontos de pauta, analisa a coordenadora do Sinasefe Seção Ifes Maria Izabel Costa.

O Sinasefe e a Fasubra vão se reunir com o MPOG na próxima sexta-feira, 10, para continuar as negociações. Fique atento às redes do Sinasefe.

Leia o relato da reunião do dia 6:

 

Confira a pauta da assembleia desta quinta-feira:

1 – informes
2 – Avaliação da proposta do governo para os TAE
3 – Eleição de delegados para a 113ª Plena do Sinasefe

382 View