19 de abril de 2017
Por: Comunicação


A pauta incluiu, ainda, o ofício circular nº 01/2017, a “Consulta Nacional sobre as Reformas da Previdência e Trabalhista e Auditoria da Dívida” e a proposta do plano de saúde da Unimed

O Sinasefe Seção Ifes realizou nessa terça-feira, 18, uma assembleia geral que aprovou a adesão da categoria à greve geral do 28 de abril. O movimento acontecerá em todo o Brasil e contará com o apoio das centrais sindicais, movimentos sociais e estudantis.

assembleia_geral_18 de abril_2017_2

O diretor Clerio Lucas Guaitolini fez um alerta e uma convocação. “Precisamos fortalecer o movimento contra este governo que está atacando brutalmente os direitos dos trabalhadores. No próximo dia 28 vamos parar, mas vamos para a rua e lutar pelo nosso direito à aposentadoria e contra todos os retrocessos nos direitos da classe trabalhadora”.

assembleia_geral_18 de abril_2017

A assembleia também contou com a análise de conjuntura do representante da Frente Estadual em Defesa da Previdência Social, dos Direitos Trabalhistas e Serviços Públicos Laureni França. “O governo diz que o problema do estado está na folha de pagamento, então é necessário enxugar ao máximo. E com isso, os servidores estão pagando essa conta, não só os servidores como toda a classe trabalhadora. Precisamos construir a união da classe trabalhadora”, disse.

A assembleia tratou, também, da retirada de direitos consolidados das servidoras e servidores dos institutos federais. Em março, o Ministério da Educação (MEC) emitiu o Ofício Circular nº 01/2017 que torna “sem efeito” o de nº 15/2005, que regulariza o Plano de Carreira dos Cargos Técnicos-administrativos em Educação (PCCTAE).

Os diretores sindicais informaram, durante a assembleia, que o documento não ofereceria “risco” à carreira das servidoras e dos servidores que já estão trabalhando, uma vez que um ofício não tem poder para mudar a legislação. Apenas uma medida provisória ou uma lei pode ter esse efeito. Entretanto, até que um novo documento seja emitido, os concursos públicos serão baseados no Plano Único de Classificação e Retribuição de Cargos e Empregos (PURCE), decreto de nº 94.665/87, o que representa um grande retrocesso para as/os novas/os servidoras/es que ingressarem nos institutos.

assembleia_geral_18 de abril_2017_1

O diretor Clerio Lucas Guaitolini foi o eleito para ser o delegado na 149ª Plena, que vai acontecer em Brasília, nos dias 29 e 30 de abril e 1 de maio.

Plano de Saúde e Proeja

O coordenador geral do Sinasefe Seção Ifes Aliomar da Silva informou aos presentes que o Sindicato solicitou à Pulse, empresa do ramo de planos de saúde, uma nova proposta com planos Unimed, diferente da divulgada até então, que possa atender as/os associadas/os da Seção Ifes. “A empresa vai nos enviar uma nova proposta, com melhores condições para a nossa categoria”, informou.

A solicitação de apoio ao evento “II Seminário de Filosofia e Sociologia – Brasil: Crises e Resistências”, que será realizado em 3 de junho de 2017 pelo Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos (Proeja), foi aprovado pela categoria.

Além disso, o diretor Clerio Lucas Guaitolini deu informações sobre a “Consulta Nacional sobre as Reformas da Previdência e Trabalhista e Auditoria da Dívida”, ressaltando que o Sindicato está fazendo ações de panfletagem de divulgação da Consulta e está presente nos campi da Grande Vitória com estandes em que as pessoas podem votar pessoalmente. Além disso, é possível participar pela internet. Clique aqui e saiba mais.

1623 View