10 de agosto de 2012
Por: Haroldo Lima


A mobilização ocorre neste dia 15, em Brasília. Seção Ifes organiza ônibus para levar delegação capixaba. Interessados devem entrar em contato pelo e-mail contato@sinasefeifes.org.br.

Servidores federais vão se reunir em Brasília, entre 13 e 17 de agosto, para cobrar uma postura digna do governo federal quanto às reivindicações das categorias em greve. Em mais uma Jornada de Luta Nacional, as categorias vão acampar na Esplanada dos Ministérios e se preparar para a Marcha Nacional dos SPF’s, na quarta-feira, 15, e para a Plenária dos SPF, na sexta-feira, 17. O Sinasefe Seção Ifes está organizando uma delegação para representar os servidores do Ifes na Marcha.

Os interessados em integrar a delegação capixaba devem enviar nome completo, campus de origem e número de identidade para o e-mail contato@sinasefeifes.org.br, até o meio dia (12h) de segunda-feira, 13.

O ônibus sai do Ifes Campus Vitória na terça, 14, às 7h, e retorna ao Estado após a Marcha, no começo da noite de quarta, 15.

“Estamos num momento de grande tensionamento das negociações com o governo. O desfecho da mesa da carreira docente foi um fracasso, tanto para o governo como para as entidades. Avaliamos que o fechamento do acordo com o Proifes, uma entidade sem nenhuma representatividade, foi uma vergonha para o processo de diálogo com as lideranças trabalhistas. Em todo o Brasil, precisamos radicalizar o movimento grevista, suspendendo maximamente a prestação de serviços nos campi e nas reitorias, de modo que o Governo Federal seja ainda mais desgastado diante da opinião pública. Isso nos dará condição de melhorar a proposta para os técnicos e de lutar pela reabertura da mesa dos docentes. Nossa mobilização na semana de luta, em Brasília, é determinante nessa queda de braço com o governo. Portanto, é fundamental que participemos da marcha e do acampamento”, considera Adolfo Oleare, coordenador do Sinasefe Seção Ifes.

JORNADA NACIONAL DE LUTA

A Jornada de Luta começa na segunda-feira, 13, com a instalação do acampamento dos servidores públicos na Esplanada dos Ministérios. Na terça, 14, e na quinta, 16, atividades políticas de discussão vão ser organizadas pelos sindicatos e entidades que puxam o movimento. Os docentes e TAE vão marchar na quarta-feira, 15, cobrando a reabertura da mesa de negociação dos docentes e discussão de toda a puta de reivindicação dos TAE. Na sexta, 17, as representações sindicais vão se reunir em plenária, fechando a atividade.

GREVE DOS SERVIDORES FEDERAIS

Nas últimas semanas, a greve dos trabalhadores do serviço público teve a adesões dos agentes da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, dos auditores fiscais agropecuários, servidores das agências reguladoras. Permanecem em greve servidores do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), do Arquivo Nacional, da Receita Federal, dos ministérios da Saúde, do Planejamento, do Meio Ambiente e da Justiça, entre outros.

Neste momento, o movimento grevista dos SPF atinge mais de 30 órgãos federais em todo o país, com 370 mil servidores públicos paralisados. Nas últimas semanas, servidores da Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, auditores fiscais agropecuários, servidores das agências reguladoras fortaleceram o movimento. Permanecem em greve servidores do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA), da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), do Arquivo Nacional, da Receita Federal, dos ministérios da Saúde, do Planejamento, do Meio Ambiente e da Justiça, entre outros.

A Jornada Nacional de Luta é puxada pelo Sinasefe Nacional, Condsef, Fenasps, Assimbge-SN, CUT, CTB, e CSP-Conlutas.

Confira o calendário da Jornada Nacional de Lutas:

13/08 – Instalação do acampamento na Esplanada dos Ministérios
14/08 – Atividade política na Esplanada
15/08 – Marcha dos servidores públicos federais
16/08 – Atividade política na Esplanada
17/08 – Plenária Nacional dos SPF’S

329 View