31 de maio de 2012
Por: Haroldo Lima


O Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA) participou na manhã desta quarta-feira (30/05) da cerimônia de entrega da 4º Edição do Prêmio Objetivos de Desenvolvimento do Milênio, no Salão Nobre do Palácio do Planalto, Brasília.

O MPA recebeu o prêmio relativo ao projeto : “Sustentabilidade Camponesa – Diversificação Produtiva da Região Fumageira”, pela Cooperativa Mista de Fumicultores do Brasil, de Santa Cruz do Sul-RS, selecionado entre as vinte principais práticas, dentre as  1.638 iniciativas inscritas ao Prêmio ODM Brasil.

A iniciativa do MPA tem como objetivo a diversificação da cultura do tabaco, recuperação e fortalecimento da identidade camponesa, reestruturação dos sistemas camponeses de produção e introdução do conceito de ALIMERGIA (Alimento – Meio Ambiente – Energia).

“O premio significa um reconhecimento de que o trabalho desenvolvido pelo MPA está orientado no desenvolvimento social. É mais uma grande conquista do movimento e de todos os camponeses e camponesas que tanto se dedicaram para construção desse projeto”, afirmou Gilberto Tutegnag, presidente da cooperativa e integrante dacoordenação estadual do MPA no RS.

O evento contou com a participação da Presidenta Dilma Rousseff, ministros, parlamentares, movimentos sociais, organizações não-governamentais e representantes de 12 países africanos e 16 países latino-americanos.

Prêmio – O Prêmio ODM Brasil é uma iniciativa pioneira no mundo e foi criado em 2004 com a finalidade de incentivar ações, programas e projetos que contribuem efetivamente para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM). O Prêmio é coordenado pela Secretaria-Geral da Presidência da República, em parceria com o Programa Nacional das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e com o Movimento Nacional pela Cidadania e Solidariedade. A coordenação técnica do Prêmio é de responsabilidade do Ipea e da Enap.

OS objetivos do Milênio estçao orientados nos seguintes termos: 1) acabar com a fome e a miséria, 2) educação básica de qualidade para todos, 3) igualdade entre sexos e valorização da mulher, 4) reduzir a mortalidade infantil, 5) melhorar a saúde das gestantes, 6) combater a AIDS a Malária e outras doenças, 7) qualidade de vida e respeito ao meio ambiente e 8) todo mundo trabalhando pelo desenvolvimento.

Via MPA.

390 View