13 de fevereiro de 2012
Por: Haroldo Lima


Na manhã do dia 13 de fevereiro, os coordenadores(as) locais do Ifes reuniram-se no mini auditório II do campus Vitória para sistematizar propostas de alteração da Resolução 32/2008. Os coordenadores(as) levaram à reunião propostas organizadas a partir de discussões previamente realizadas em cada campus. A reunião garantiu  a formalização de propostas comuns à categoria, apresentadas durante a tarde, na assembleia geral realizada na unidade Vitória.

Presente na assembleia, o professor Yuri Márcio E. Silva Lopes, do Ifes Cariacica, participou da paralisação durante a segunda e destacou a importância de construir os espaços de luta dos servidores(as) para garantir conquistas para a categoria e a qualidade do ensino no Instituto.

–  “Os  servidores(as) têm que estar atentos, pois sempre haverá distorção entre o que a comunidade acadêmica pensa e sente e o que administração do Ifes quer”, enfatiza o professor.

Paralisação

A reunião não foi o único esforço da categoria para agitar as discussões nos campi. Conforme a deliberação da assembleia de 27 de janeiro, os servidores(as) paralisaram suas atividades durante todo o dia para formular questões e mobilizar a categoria para a assembleia realizada durante a tarde.

A paralisação garantiu extensa participação da categoria na assembleia.  “Não vamos abaixar a cabeça para o que vem de cima, com a greve do ano passado ganhamos fôlego para agitar os colegas e questionar a política da diretoria do Instituto”, conclui a professora de Fernanda Magri, do Ifes Vitória.

481 View