3 de maio de 2017
Por: Comunicação


O evento será realizado de quinta-feira, 4, a sábado, 6, no auditório do Centro de Ciências Exatas (CCE), campus de Goiabeiras da Ufes, em Vitória, e não é necessário fazer inscrição

Programação_Seminário Estado e Educação

O encontro contará com grupos temáticos e palestras.

A Adufes sediará a partir de quinta-feira, 4, mais um evento do Sindicato Nacional dos Docentes e o Sinasefe Seção Ifes estará na mesa de abertura representado pelo diretor Clério Lucas Guaitolini. Trata-se do V Seminário Estado e Educação, que tem como objetivo central analisar de forma crítica as políticas públicas educacionais em vigor e as propostas que se encontram tramitando nos vários espaços deliberativos, como Ministério da Educação e o Congresso Nacional.

De acordo com Olgaíses Maués, 3ª vice-presidente e da coordenação do grupo de trabalho em Políticas Educacionais (GTPE) do Andes-SN, o Seminário é de extrema importância devido à conjuntura do país e que o tema do encontro expõe este momento. “Quando definimos a temática do Seminário estávamos mergulhados neste recrudescimento do conservadorismo e resolvemos resgatar o educador Paulo Freire, que é um defensor da educação como prática de liberdade, e o próprio tema do encontro é em homenagem a um dos livros dele ‘Educação como Prática da Liberdade’”, disse.

O encontro contará com palestras e grupos temáticos. Os debates serão focados em questões relacionadas ao avanço da mercantilização, da privatização e do conservadorismo no campo educacional brasileiro. “É muito sério a política de mordaça nas escolas que está ocorrendo. Em alguns estados, os deputados estão retirando dos Planos Estaduais de Educação a palavra ‘gênero’, o que é uma censura imensa para o debate aberto e franco nas escolas das questões que perpassam a sociedade e, ainda, dado o momento de retirada de direitos das mulheres e acirramento do machismo”, ressalta Olgaíses.

Outra preocupação, segundo a professora, é o avanço da ‘Escola sem Partido’, que vem ganhando cada vez mais força, com a tramitação na Comissão Especial que analisa o PL 7180/2014. A diretora do ANDES-SN informa que participação no evento não é restrita apenas aos docentes sindicalizados ao ANDES-SN, e sim aberta a todos que trabalhem ou se interessem pela temática.

Organização e Caderno de Textos. A organização local do Seminário tem à frente a Secretária Geral e o presidente da Adufes, Bernardete Gomes Mian e José Antônio da Rocha Pinto, respectivamente. “A categoria docente tem temas importantes para discutir, daí a importância de participar do evento”, diz Mian, informando que a temática desta edição é A Educação como Direito e como Prática da Liberdade.

Os eixos dos grupos são: política de financiamento; política e formação e valorização dos professores; política de avaliação e política curricular.

PROGRAMAÇÃO
4 de maio
18h – Abertura
18h30 às 21h30 – Mesa – O Financiamento da Educação face ao ajuste fiscal.
Convidados: Lujan Miranda (Auditoria Cidadã da Dívida) e Lisete Arelaro (USP).

5 de maio
09h às 12h – Mesa – Internacionalização e Mercantilização da Educação.
Convidados: Lalo Minto (Unicamp) e Valdemar Sguissard (UFSCar e Unimep).
14h às 17h – Painel – A Ofensiva Conservadora na Educação: a formação do sujeito histórico (Escola sem partido, BNCC, Reforma do Ensino Médio).
Convidados: Fernando Penna (UFF), Nilda Alves (UERJ) e José dos Santos Souza (UFRRJ).
18h às 21h – Painel – A Educação Inclusiva numa sociedade Excludente.
Convidados: Fernando Seffner (UFRGS) e Marinalva Oliveira (UFF).

6 de maio
09h às 12h – Grupos de trabalho – Elementos constitutivos de um Projeto Classista e Democrático de Educação.
14h às 18h – Plenária final – Consolidação dos Grupos de Trabalho.
18h30 – Encerramento.

Fonte: Adufes (com informações do ANDES-SN). Edição da Ascom do Sinasefe Seção Ifes.

261 View