8 de agosto de 2012
Por: Haroldo Lima


Ato culminou com isolamento das entradas e estacionamento do edifício que abriga a Receita Federal e Secretaria do Patrimônio da União (SPU).

Servidores do Ifes e da Ufes, estudantes das duas instituições e outras categorias do serviço público federal foram às ruas do Centro de Vitória na manhã desta quarta-feira, 8, cobrar do governo Dilma comprometimento com a pauta de reivindicação dos SPF.

Ato na Av. Jerônimo Monteiro.

A passeata, que reuniu mais de 400 manifestantes, começou em frente ao prédio do Ifes , e seguiu pelas avenidas Vitória, Jerônimo Monteiro, e culminou com o isolamento das entradas principais e estacionamento do edifício que abriga a Receita Federal e a Secretaria do Patrimônio da União (SPU). O atendimento ao público foi interrompido.

Estudantes do Ifes participaram do ato desta quarta, 8.

“O objetivo de ocupar simbolicamente a Receita Federal e a SPU é mostrar à população a insatisfação dos servidores com as prioridades do governo, que atende de forma diferenciada empresas do setor privado, estimulando a privatização de órgãos públicos e esbanjar com eventos de grande a porte, como a Copa de 2014 e a Olimpíada de 2016, enquanto a educação pública, saúde, segurança e outros serviços são deixados à míngua”, explica Jorge Eduardo Cassani, do Comando Geral de Greve do Ifes.

 

Nas ruas, os manifestantes estenderam faixas nos semáforos e distribuíram folhetos para informar à sociedade a situação caótica do serviço público federal. O protesto, por reajuste salarial e melhores condições de trabalho, contou com trabalhadores da educação, saúde, das agências reguladoras, de órgãos como o Ibama e IBGE.

O ato foi organizado pelo Comando Unificado de Greve (Ifes, Ufes e DCE). Os servidores estaduais, como os do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper), Iema, Junta Comercial, Ipem também engrossaram a mobilização.

Os professores da rede estadual suspenderam as aulas depois do recreio para participar da manifestação em defesa da educação.

Com informação da Adufes.

 

490 View