26 de julho de 2013
Por: Comunicação


Os servidores civis das IFEs Militares de Ensino vão promover um Dia Nacional de Paralisação no dia 8 de agosto. O objetivo é chamar a atenção da sociedade brasileira para o tratamento discriminatório em relação à carreira e para o autoritarismo patrocinado pelos militares. O Sinasefe Ifes apóia essa luta democrática e convida os servidores do Estado a divulgar sua contrariedade ao que vem ocorrendo nessas instituições.

Na terça-feira, o jornal Folha de S. Paulo destacou o caso da professora Silvana Schuler Pineda, afastada da sala de aula desde abril após recusar a utilização de livro que omite as violações aos direitos humanos durante a ditadura. A Justiça a reintegrou às aulas de História no Colégio Militar de Porto Alegre, mas é preciso que a sociedade fique atenta para que novos casos sejam denunciados para situações assim não se repetirem.

364 View