27 de maio de 2017
Por: Comunicação


Ao todo, 599 pessoas, entre delegados e observadores, participaram do congresso, que aconteceu entre os dias 18 e 21 de maio, em Salvador, na Bahia

1905prograecredalb4

O 31º Consinasefe foi um sucesso! O congresso foi marcado pelo maior público já registrado em edições do evento. Ao todo, 599 pessoas marcaram presença, entre delegados e observadores, no centro convenções do Fiesta Hotel, em Salvador, na Bahia, nos dias 18, 19, 20 e 21 de maio.

“O evento foi muito bom, a categoria compareceu em grande número nesse congresso. Isso mostra a importância da união da categoria nesse momento complicado de ataques aos diretos das trabalhadoras e dos trabalhadores, não apenas aos servidores públicos, mas de toda a classe trabalhadora. Vamos continuar na luta contra todos os retrocessos”, afirmou o coordenador do Sinasefe Seção Ifes Aliomar da Silva.

A base do Sinasefe Seção Ifes foi representada no Consinasefe por uma delegação composta por 20 delegados e delegadas e 2 observadores, escolhidos por assembleias realizadas nos campi.

O professor de mineração Marconi Perreira Magalhães, que atua no campus de Cachoeiro de Itapemirim, foi um dos delegados que participou do 31º Consinasefe.

Para ele, o congresso foi importante porque ocorreu justamente em um momento de fragilidade do governo de Michel Temer, após a delação de Joesley Batista, empresário e um dos proprietários da JBS, que aponta o presidente da república como um dos articuladores para obstruir os trabalhos da operação Lava Jato. “Uma das nossas lutas é justamente derrubar o governo Temer, esse governo golpista, esse governo ilegítimo”, declarou.

E as notícias diárias só confirmam a falta de legitimidade de Temer, que diz guiar o país por uma “ponte para o futuro”, mas promove uma caçada aos direitos trabalhistas e previdenciários e o desmonte dos serviços públicos.

Durante o 31º Consinasefe, os congressistas organizaram manifestações na capital baiana contra o governo.

31consinasefe200517_13

CSP-Conlutas

Uma das pautas mais polêmicas do congresso foi sobre a desfiliação do Sinasefe da central sindical CSP-Conlutas. Os congressistas rejeitaram a tese de nº 50: 217 pessoas votaram pela permanência à central e 144 foram contra.

O diretor Aliomar afirmou que a manutenção à central sindical foi importante, “espantando a dúvida”, e que agora é o momento de fortalecer o “nosso instrumento de luta”. “O Sinasefe Seção Ifes vai seguir a deliberação congressual e fortalecer a CSP-Conlutas”, garantiu.

A CSP-Conlutas é uma das oito centrais sindicais que organizaram o ato Ocupe Brasília, que aconteceu nessa quarta-feira, 24, em Brasília. Além de ter fortalecido a greve geral, que aconteceu no dia 28 de abril, em todo o Brasil.

Conjuntura, machismo, lutas e outras pautas

album190517c

A programação dos dois primeiros dias do Consinasefe contou com debates e atividades acerca da conjuntura política nacional, sobre as agressivas reformas da Previdência e Trabalhista e pautas como machismo, orientação de gênero e racismo.

Clique aqui e confira o resumo da cobertura ao vivo do 1º dia do 31º Consinasefe.

Clique aqui e confira o resumo da cobertura ao vivo do 2º dia do 31º Consinasefe.

Esses debates aumentaram o nível de consciência da categoria, como afirma o docente Cezar Laurence Barros, que atua em Vila Velha. “A cada evento existe um crescimento expressivo, o que mais levo é a consciência de classe e o ânimo de levar mais colegas para a luta sindical”.

Já os dois últimos dias do evento foram de discussões sobre as pautas relacionadas às mudanças no estatuto da entidade.

31consinasefe200517_17

No dia 20, os delegados e observadores realizaram debates em grupos de trabalho, para a análise das pautas e, no dia 21, os delegados votaram algumas modificações sugeridas na plenária da categoria.

Clique aqui e confira o resumo da cobertura ao vivo do 3º dia do 31º Consinasefe.

Clique aqui e confira o resumo da cobertura ao vivo do 4º dia do 31º Consinasefe.

As teses de nº 10 (“Desburocratizar para democratizar”), nº 12 (“Roteiro e ritual de funcionamento de uma Plenária Nacional do Sinasefe”), nº 27 (“Paridade de gênero no Sinasefe: quando as mulheres avançam, nenhum homem retrocede”), e nº 34 (“Tese apresentada ao 31º Consinasefe para criação de pasta de combate às opressões”), foram aprovadas em votação específica.

Clique aqui e confira o Caderno de Teses do 31º Consinasefe.

Primeira vez

O evento se encerrou no domingo, 21, e mesmo quem participou pela primeira vez do congresso voltou para casa com muito mais conhecimento sobre a luta sindical.

“Foi a minha primeira vez no Consinasefe. Vim bastante crua, mas foi excelente para começar a conhecer as forças que atuam no nosso sindicato e entender como funciona a entidade responsável por lutar pela categoria”, avaliou Wania Colodetti, servidora do Ifes Linhares.

Fotos: Sinasefe.

*Com informações do site www.sinasefe.org.br.

442 View