30 de março de 2017
Por: Comunicação


O ato aconteceu nesta quinta-feira, 30, e contou com convocação para a Greve Geral, que acontece no próximo dia 28 de abril, organizado pelas centrais sindicais

IMG_7346

A diretoria do Sinasefe-Ifes fortaleceu a luta contra a reforma da Previdência e aos ataques aos direitos da classe trabalhadora, nesta quinta-feira, 30, em ato organizado pela Frente Estadual em Defesa da Previdência Social, dos Direitos Trabalhistas e Serviços Públicos.

O coordenador de Formação Política e Formação Sindical da Seção Ifes, Clerio Lucas Guaitolini, compareceu ao ato e destacou que os serviços públicos estão sendo brutalmente atacados pelo governo. A educação é uma das áreas que já foram atacadas.

IMG_7304

A medida provisória (MP) que reforma o Ensino Médio provou que o governo Temer não possui interesse em dialogar a classe trabalhadora sobre as medidas tomadas e verticaliza as decisões impondo à população as suas vontades.

Além da MP, o coordenador citou, como exemplo recente, o ofício circular emitido pelo Ministério da Educação (MEC), neste mês de março, às instituições federais que orienta a revogação dos descritivos de cargos propostos pelo Plano de Carreira dos Cargos Técnico-administrativos em Educação (PCCTAE) e o retorno ao que se prevê no Plano Único de Classificação e Retribuição de Cargos e Empregos (PUCRCE).IMG_7335

Segundo o coordenador, “o ataque está sendo maciço, eles estão tirando direitos de onde dá para tirar. A Reforma Trabalhista vem pra acabar com tudo que construímos desde a era de Getúlio Vargas. Por isso nós estamos aqui, o povo brasileiro está dormindo, muita coisa aconteceu e ainda vai acontecer”.

Os participantes do ato também fizeram panfletagem sobre a “Consulta Nacional Sobre Reformas e Auditoria da Dívida”. Clique aqui, saiba mais sobre a consulta e encontre o link para participar.

678 View