7 de dezembro de 2012
Por: Haroldo Lima


No segundo dia de 27° Consinasefe, (7/12) foi dado inicio aos debates estatutários do Congresso do Sinasefe. Os delegados decidiram, após informes e aprovação do Regimento Interno, sobre a votação do credenciamento, durante o Congresso, para a delegação da Paraíba. Foram prestados esclarecimentos da Direção Nacional e dos servidores que então, por 76 votos a favor, 106 contra e 26 abstenções, ficou definido pela plenária pelo não credenciamento dos delegados do IFPB.

Ainda pelo período da manhã, as dissertações sobre as teses acerca do tema do Congresso “Unir os trabalhadores em defesa da educação pública” que construíram o Caderno de Teses foi apresentado pelos autores, iniciado pela Tese 3 em que David Lobão da IFPB, um dos autores, defendeu a necessidade de construir um encontro nacional dos trabalhadores para buscar a unidade, com pauta única e calendário único. Flavio dos Santos dissertou sobre a Tese 14: pediu o fim com a cultura do medo na defesa dos direitos dentro das IFE militares.

Os servidores civis das IFE militares, inseridos em diversas áreas da educação podem estar com dias contados, pela falta de serventia destes e com condições funcionais incomuns em comparação com a categoria, dada pela implantação de professores militares. Os delegados defenderam suas posições em plenária sobre as teses apresentadas que reforçaram a necessidade construir a unidade trabalhista, incluindo também os servidores das IFE militares.

VEJA MAIS FOTOS DO CONSINASEFE.

Os delegados colaboraram com defesas, correções e alterações das teses e a mesa, definiu o texto final das teses 3 e 14 do Caderno de Teses. A Plenária deliberou para trecho da Tese 14, que haverá no ano de 2013 a organização do Fórum Nacional dos Trabalhadores da Educação a ser construído com a colaboração do Andes, Fasubra.

A mesa de discussões foi composta pelo coordenador geral do Sinasefe; William Carvalho; pelo coordenador jurídico Shilton Roque;pelo membro da Seção Sindical Belém, Lindon Jhonson; e pelo membro da Seção Sindical Colatina/ES, Marcos Silva.

Via Sinasefe Nacional.

388 View