6 de junho de 2014
Por: Comunicação


Terça-feira, a Câmara dos Deputados aprovou um texto que prevê uma política de destinação do dinheiro público para as empresas privadas em serviços na área do ensino. Ou seja, os 10% do PIB para a educação não serão destinados para a rede de ensino pública, indo na contramão da garantia da educação gratuita, pública, laica, de qualidade socialmente referenciada para toda a população. Leia mais no site da Adufes

459 View