27 de junho de 2018
Por: Comunicação


A Campanha em Defesa da Rede Federal está na fase de participação pública, e coleta denúncias de casos de precarização 

mini - precarizao das ifes

A Campanha do Sinasefe em Defesa da Rede Federal inicia mais uma etapa de interação com o público: desta vez queremos reunir denúncias do maior número possível de campi e reitorias onde as condições estruturais e/ou de funcionamento não sejam adequadas.

Salas de aula muitos quentes (sem climatização), falta de material didático, danos estruturais e em equipamentos etc. Relate pra gente tudo que você achar que está ruim em sua escola e que precisa melhorar, para fazermos um mapeamento destes problemas, quantificá-los, qualificá-los em segmentos e elaborarmos um dossiê sobre esta precarização – que é o primeiro passo para iniciarmos uma luta específica e organizada que possa revertê-la!

Envie sua denúncia

Enviar sua denúncia é relativamente simples: tire fotos e/ou grave seu vídeo e nos envie junto com seu relato do problema denunciado, não esquecendo de citar os nomes do campus, da instituição de ensino e a cidade na qual ele está localizado – exemplo: “campus Maceió do Ifal, em Maceió-AL”; “campus São Cristóvão II do Colégio Pedro II, no Rio de Janeiro-RJ”.
O material pode ser enviado para imprensa@sinasefe.org.br ou para o WhatsApp da assessoria de comunicação do Sinasefe, no número (61) 99178-3436.

Sobre a Campanha

A Campanha “Em Defesa da Rede Federal: Educação não é mercadoria, é Direito!” foi lançada com o objetivo de denunciar todos os ataques à Educação Pública que estão em curso para mobilizar a sociedade, aglutinar as lutas num único polo e derrotar as ofensivas do governo Temer contra a Rede Federal de Ensino.

Além das interações com trabalhadores e estudantes da Rede Federal (com a recepção de denúncias e o concurso de memes), a Campanha levará às bases materiais publicitários e com análises políticas produzidas pela Direção Nacional (DN) do Sinasefe.

cartazsite

Eixos

A Campanha está pautada nestes cinco eixos estratégicos:

  1. Contra os cortes de verbas (EC 95/2016);
  2. Contra a Reforma do Ensino Médio (Lei nº 13.405/2017);
  3. Pela isonomia na Rede;
  4. Contra o Assédio Moral;
  5. Contra o Reordenamento.

Esta etapa das denúncias para formatação de um dossiê sobre a precarização da Rede Federal é o terceiro ato da Campanha em Defesa da Rede.
A primeira etapa foi o lançamento, em 08/06, com a disponibilização de impressos e de camiseta aqui no site; e distribuição dos mesmos na 154ª PLENA.
Depois iniciamos a primeira interação, em 14/06, com o concurso de memes.
Outras novidades estão a caminho, como uma Cartilha Informativa, o hotsite da Campanha e um vídeo viral para redes sociais. Aguarde!

Fonte: Sinasefe. 

75 View