16 de abril de 2019
Por: Comunicação


A docente foi presa nessa segunda-feira, 15 abril, em seu ambiente de trabalho, apenas por ter filmado uma ação de abuso/truculência por parte de policiais contra estudantes do Instituto Federal

A professora do campus Águas Lindas-GO do IFG e também coordenadora geral do SINASEFE, Camila Marques, fala sobre o estado de violência policial que está instalado na cidade.

A docente foi presa na manhã de hoje (15/04), em seu ambiente de trabalho, apenas por ter filmado uma ação de abuso/truculência por parte de policiais contra estudantes do Instituto Federal, sendo liberada apenas no período da tarde, várias horas depois.

Diversos casos de violência e feminicídios estão sendo registrados na cidade. Um protesto de estudantes e da comunidade na semana passada contra estes assassinatos pode ter despertado a ação dos policiais, agrupando-se a isso o momento de crescimento do fascismo pelo qual o país tem passado.

Diversas cartas e moções de apoio estão sendo escritas e enderaçadas ao SINASEFE desde o ocorrido. Camila fecha o vídeo enaltecendo isso: “eles estão se organizando pra nos atacar e nós vamos nos organizar para nos manter firmes, para nos manter de pé!”.

Clique no link e confira a nota da DN sobre o caso.

Cobertura ao vivo de hoje

Fonte: Facebook.

183 View