31 de julho de 2012
Por: Haroldo Lima


Share This Story !

Servidores, técnico-administrativos e estudantes do Ifes e da Ufes fecharam as cancelas de acesso à universidade, campus de Goiabeiras, em Vitória. A ação do Comando Unificado de Greve começou às 5 horasdesta terça-feira, 31, e vai ocorrer durante todo o dia.

O manifesto ocorre em meio ao conflito entre a categoria e o Governo Federal, que posterga uma negociação para o encerramento da greve da educação federal, que já dura quase três meses. Na segunda-feira, 30, os servidores fecharam o prédio da reitoria, também no campus de Goiabeiras.

De acordo com Adolfo Oleare, coordenador do Sinasefe, “o fechamento da Ufes representa a ação dos servidores e dos alunos em greve no Ifes e na universidade nesse dia nacional de luta, indicado pelas entidades nacionais. Somado à ocupação da reitoria da Ufes, ontem (30/07), considero que foi uma atividade altamente relevante, na medida em que mostrou à população capixaba que o movimento grevista no setor da educação está vigoroso e vigilante em relação à falta de seriedade com a qual o governo federal tem administrado as negociações com os servidores federais. Nossas plenárias nacionais têm indicado que enquanto o governo não apresentar propostas que correspondam às pautas de reivindicação que motivaram a greve nos institutos e nas universidades, o movimento não chegará ao fim”.

Portaria Sul do Campus Goiabeiras interditada pelo movimento grevista. Foto: Sintufes

De acordo com o coordenador do comando local de greve do Sindicato dos Trabalhadores da Ufes (Sintufes), Wellington Pereira, o Governo Federal adiou uma reunião que estava prevista para esta terça, 31, com as entidades que representam os servidores federais. “As negociações não estão avançando. E em continuidade ao movimento vamos realizar outros protestos “surpresas” no decorrer da semana”, avisa.

EM SÃO MATEUS, CARREATA E PANFLETAGEM MARCAM DIA NACIONAL DE LUTA

Servidores e estudantes do Ifes e da Ufes de São Mateus fizeram uma carreta e uma panfletagem no centro da cidade, para marcar o Dia Nacional de Luta. Os manifestantes reuniram-se no Bairro Litorâneo, entre os campi da Universidade e do Instituto, e partiram em carreta às 10h, seguindo pela BR 262 e bairros de São Mateus até o Centro. A panfletagem ocorreu em frente ao Mercado Municipal.

De acordo com Aline Morschel, integrante do Comando Geral de Greve (CGC), “a ação foi recebida com entusiasmo pela população do município, que parou para dialogar com os servidores e estudantes, questionando sobre os motivos da greve”.

VIGÍLIA DOS DOCENTES

Nesta quarta-feira, 01, haverá mais uma rodada de negociação entre os Sindicatos Nacionais e o governo. Por conta da negociação, os professores da Ufes realizam vigília – “Luau Happy Hour da Greve” – a partir de 17 horas, na sede da Adufes, em Vitória. A vigília desta quarta (01) promete ser bem diferente. Contará com exibição de vídeo/debate sobre carreira docente e o movimento paredista, informes sobre o andamento das negociações em Brasília, e, aliado aos momentos de luta, haverá momentos de muita confraternização entre os colegas.

Fonte: Adufes, Sinasefe e Sintufes.

508 View