21 de janeiro de 2022
Por: Comunicação


Share This Story !

Sindicato protocolou ofício nessa quinta-feira, 20

O Sinasefe Ifes protocolou nessa quinta-feira, 20, um ofício no Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) solicitando uma reunião em caráter de urgência com o reitor, para tratar das atividades presenciais nos campi. O pedido tem como base o aumento de casos de Covid-19 no Estado, que, este mês, registra o maior número de casos confirmados desde o início da pandemia, com mais de 71 mil infecções, até essa quinta, 20, conforme reportagem do jornal A Gazeta.

Com o aumento dos casos, a taxa de ocupação dos leitos de UTI de Covid-19 também cresceu, e se aproxima da marca de 80% de ocupação (77,83%), segundo dados do Painel Covid-19 analisados nesta sexta-feira, 21.

Além da explosão dos casos de Covid-19, provocada pela variante Ômicron, o Estado também passa por um surto de gripe causado pelo vírus da Influenza. Conforme a Secretaria de Estado de Saúde (Sesa), de 2.227 amostras de casos suspeitos de síndrome gripal analisados na Semana Epidemiológica (SE) 02 (início de janeiro), foram confirmadas 1.158 para Influenza A, com positividade de 51,99% das amostras.

Até a SE 02, foram confirmados 9 casos e 4 óbitos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

“Diante deste abrupto crescimento de contaminação do Covid-19 e Influenza que assola o Estado, e, com o intuito de garantir a defesa da vida em primeiro lugar, a Diretoria do Sinasefe Ifes solicita uma reunião com URGÊNCIA com o reitor do Ifes para tratar das atividades presenciais nos campi”, destaca um trecho do ofício.

A preservação da vida da comunidade acadêmica tem sido uma preocupação do Sinasefe Ifes desde o início da pandemia de Covid-19. No ano passado, o sindicato deflagrou a greve sanitária, com o intuito de preservar a vida. Após o fim do movimento, em dezembro, a base aprovou a manutenção do estado de greve. Neste momento, com as atividades presenciais no Ifes retornando, e o aumento na circulação de pessoas, o sindicato quer discutir o mais urgente possível a situação com o reitor.

“O Sinasefe Ifes está atento a essa nova onda de Covid-19 e com a ocupação das UTIs, no Estado, que já está com quase 80% da capacidade. O sindicato também tem preocupação com o retorno presencial nos campis, o que significa mais gente exposta, e isso pode intensificar ainda mais essa onda. O Sinasefe Ifes reitera a sua preocupação com a vida, e por isso solicitamos essa reunião com o reitor, para tratar do passaporte da vacina e da situação das atividades presenciais nos campi”, destacou a direção do sindicato.

Clique aqui e confira o ofício enviado ao Ifes.

 

205 View