29 de novembro de 2021
Por: Comunicação


Share This Story !

Posicionamento tem como base a imunização contra a Covid-19 no Espírito Santo, que ainda não atingiu o percentual mínimo de 70% da população com o ciclo vacinal completo. Confira! 

A base do Sinasefe Ifes aprovou, na sexta-feira, 26, a manutenção da greve sanitária no Instituto. A decisão foi tomada tendo como base o índice de imunização completa no Estado, que ainda não alcançou a marca de 70% da população capixaba. A categoria decidiu utilizar como referência de imunização completa o Painel Covid-19, da Secretaria de Saúde do Estado. Conforme a ferramenta, 62,2% da população está com o ciclo de vacinação completo. A projeção populacional utilizada pelo painel é a de 2020, e isso baseou a decisão da categoria.

Na assembleia, realizada pela plataforma Cisco Webex, a base também aprovou que o sindicato cobre do Ifes a implementação do passaporte da vacina para servidores/as, terceirizados/as e estudantes, e que essa medida seja discutida na próxima reunião do Conselho Superior do Ifes (Consup).

Também foi aprovado que o Comando de Greve reúna mais informações da comunidade científica sobre taxa de imunização segura e novas informações acerca da pandemia. Essas informações serão discutidas na próxima assembleia a respeito da greve sanitária.

O encontro desta sexta-feira ocorreu pois, quando a greve foi deflagrada, o sindicato havia entendido que o índice para o retorno seguro seria de 70% da população com a imunização completa. A convocação ocorreu após o portal “Vacina e Confia”, do Governo do Estado, apresentar o percentual. Contudo, o site não traz informações precisas da população capixaba em 2021, já que é considerado o censo de 2010, o que está defasado.

Saiba mais

Dúvidas sobre a Greve Sanitária no Ifes? O Comando de Greve responde!

213 View