21 de fevereiro de 2020
Por: Comunicação


Ativistas comentaram a mobilização para barrar este e os demais ataques do governo Bolsonaro à Educação e aos serviços públicos

Em transmissão realizada nesta quarta-feira (19/02) entidades conversaram sobre o congelamento de promoções e progressões previsto no Ofício 008/20, do Ministério da Educação (MEC). Ativistas comentaram a mobilização para barrar este e os demais ataques do governo Bolsonaro à Educação e aos serviços públicos.

Participaram da transmissão representantes do SINASEFE (David Lobão e Rogério de Souza), do Andes-SN (Antônio Gonçalves) e da Fasubra Sindical (Agar Pereira, Elma Dutra, Rosângela Costa, Moacir Ferreira e Melissa dos Santos).

Conteúdo relacionado

Entidades da Educação entram com Ação Civil Pública para suspender Portaria e Ofício do MEC(20/20/2020)

Considerações da AJN sobre congelamento de RTs e progressões(20/02/2020)
Ofício infralegal: entidades repudiam novo ataque aos trabalhadores da Educação (17/02/2020)

MEC manda congelar progressões e promoções dos servidores (17/02/2020)

Fonte: Sinasefe.

82 View