20 de julho de 2020
Por: Comunicação


Desta vez, o grupo fincou duzentas cruzes nas areias da Praia da Costa, em Vila Velha

Nesse domingo, 19, o Fórum Capixaba em Defesa da Vida das Trabalhadoras e dos Trabalhadores fez mais um ato em memória das vítimas da Covid-19 no Espírito Santo. Duzentas cruzes foram fincadas nas areias da Praia da Costa, em Vila Velha. Além da homenagem, a ação também denunciou o descaso dos governos estadual e federal diante da pandemia.

O Fórum é formado por 47 entidades, entre sindicatos, centrais, movimentos sociais e coletivos. O Sinasefe Ifes está entre os signatários. O grupo já realizou ações similares em Vitória e Aracruz.

Em nota, o Fórum ressaltou que “já são mais de 2 mil mortes no Estado e mais de 69 mil casos confirmados, com maior impacto nos bairros populares, onde os casos de morte são mais que o dobro que os dos bairros que concentram a população com maior poder aquisitivo”. 

“Flexibilizar o distanciamento social é uma política de morte e de morte aos mais pobres. A pandemia afeta a todas e todos indistintamente, mas a possibilidade de tratamento na rede pública de saúde e a consequente morte recaem de forma mais cruel sobre as trabalhadoras e trabalhadores que já são atacadas e atacados de diferentes formas por esse governo”, diz a nota.  

No documento divulgado, o grupo também  chamou atenção para as violações de direitos das mulheres e negros, que têm crescido durante a pandemia. “Reivindicamos acesso aos dados reais do nosso estado e a garantia de políticas públicas que possam atender às mulheres vítimas de violência!”.

De acordo com dados divulgado pelo grupo, a letalidade da Covid-19 na população negra é 18% maior que a da população branca, e que 70% dos infectados são negros. 

Clique aqui e confira a nota completa. 

70 View