4 de setembro de 2019
Por: Comunicação


Movimento estudantil e Sindicato estiveram juntos nas recentes manifestações que levaram milhares de pessoas às ruas de Vitória e milhões aos atos em todo o Brasil

Neste ano, o Grêmio Rui Barbosa, entidade estudantil secundarista que reúne estudantes do Ifes, completou 75 anos. Para marcar as comemorações foi realizada no dia 27 de agosto, no Auditório do campus Vitória, uma solenidade que fez homenagens a pessoas e instituições importantes na história do Grêmio. O Sinasefe teve a honra de integrar esse grupo.

O coordenador de Formação Sindical do Sindicato, Carlos Alberto Firmino dos Santos, recebeu a placa de homenagem representando a entidade sindical. O diretor do Sinasefe Seção Ifes ressaltou a aproximação do movimento estudantil com o movimento sindical e a importância do estreitamento dessas relações na área da Educação, em especial em um momento que o setor sofre uma série de agressões. Elas vão desde cortes de verbas, o que impacta no funcionamento do Instituto e no auxílio aos estudantes, passando pela retirada de direitos das/os servidoras/es, chegando até à desqualificação das atividades desenvolvidas por meio de ataques de membros do Governo Federal e de alguns setores extremados da sociedade.

“Ficamos muito agradecidos e honrados pelo reconhecimento e pela homenagem. Fazemos reivindicações em conjunto, não apenas trabalhistas, mas estruturais, por melhorias, contra os cortes. Nos últimos tempos essa aliança tem se fortalecido porque as perdas estão acontecendo para os dois segmentos: funcionalismo e estudantes”, disse.

O Sinasefe Seção Ifes também auxilia o movimento estudantil nas manifestações com transporte, alimentação, recursos financeiros, e outros itens necessários para a realização de atos, o que está previsto entre as atividades sindicais. Nas recentes manifestações, que levaram milhares de pessoas às ruas de Vitória e milhões aos atos em todo o Brasil, a parceria esteve cada vez mais fortalecida (15 e 30 de maio no #TsunamiDaEducação, 14 de junho na Greve Geral do Brasil, e 13 de agosto na Greve Geral da Educação).

Grêmio

O Grêmio Rui Barbosa, fundado em 19 de julho de 1944, é uma entidade que luta em defesa da educação pública, gratuita e de qualidade, dos Institutos Federais, do ensino técnico e profissionalizante, dos direitos dos estudantes, da ciência e tecnologia, da soberania nacional, dos esportes e da cultura.

A entidade resistiu à ditadura militar, lutando pela redemocratização do Brasil, e foi responsável pela formação de diversos grêmios no Espírito Santo e no país, encampando, junto com outras entidades, lutas contra aumentos abusivos de tarifas de transporte público, conquistando o passe livre, por exemplo. Hoje a entidade continua lutando contra os retrocessos na Educação que tem seu ponto alto nos sucessivos cortes de verbas do setor.

Na solenidade do dia 27 de agosto foram homenageados, além do Sinasefe Seção Ifes, ex-diretores do Grêmio, entre eles José Mauricio (Gestão 1970), Filipe Skiter (Gestão 2001), Fábio Lúcio (Gestão 2006), Priscila Ribeiro (Gestão 2010), Fillipe Matias (Gestão 2011). E foram homenageados, ainda, o atual reitor do Ifes, Jadir Péla, o diretor geral do Ifes Campus Vitória, Hudson Côgo, e o Sintec-ES.

Também estiveram presentes outras entidades estudantis do Ifes como o Grêmio Estudantil Jaiara Smalt, o Centro Acadêmico de Geografia (Cageo), o Centro Acadêmico de Engenharia de Pesca “Professor Marcelo Minozzo”, o CA de Engenharia Sanitária e Ambiental (Caesa), e a Atlética Unificada do Ifes.

O evento contou, ainda, com os representantes da União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes), Washigton Campos, e  da União Nacional dos Estudantes (UNE) Wallace Vargas.

163 View