17 de agosto de 2021
Por: Comunicação


Share This Story !

Em Vitória, haverá uma passeata, com concentração às 8h30, na praça de Jucutuquara, ao lado do campus do Ifes. Recomendações sindicais produzidas pela direção apresentam aos profissionais do Ifes os procedimentos a serem adotados administrativamente. Confira!

 

GREVE É UM DIREITO!

A greve é um direito inalienável dos/as trabalhadores/as, públicos ou privados, ou seja, é um direito humano fundamental. Sem ela, a liberdade sindical é amordaçada, a negociação coletiva torna-se uma farsa e o próprio conceito de uma sociedade democrática é colocada sob suspeita.

Onde não há Direito de Greve, não há Democracia.

Após a aprovação de adesão à Greve Nacional em defesa dos Serviços Públicos e contra a Reforma Administrativa (PEC 32/2020), na última Assembleia, realizada no dia 10 de agosto de 2021, o Sinasefe Ifes protocolou ofício de deliberação de greve junto à Reitoria.

A Greve Nacional do dia 18 de agosto é um ato que envolve entidades sindicais (dos setores públicos e privados) e movimentos sociais contra a PEC 32/2020 (Reforma Administrativa). A Reforma Administrativa representa o desmonte do Estado Brasileiro e impactará diretamente a garantia de direitos básicos para a população, como saúde e educação públicas. No Espírito Santo, o ato promovido pelo Movimento em Defesa de Direitos e dos Serviços Públicos de Qualidade também incluiu na pauta a luta contra a privatização dos Correios.

RECOMENDAÇÕES SINDICAIS AOS/ÀS SERVIDORES/AS DO IFES:
– A professora ou o professor, que aderir à Greve Geral contra a Reforma Administrativa, NÃO DEVERÁ LANÇAR AULAS NO SISTEMA no dia 18 de agosto de 2021. Essa aula será lançada como reposição posteriormente;

– A trabalhadora ou trabalhador técnico-administrativo que aderir à greve Geral contra a Reforma Administrativa, NÃO DEVERÁ REALIZAR ATIVIDADES no dia 18 de agosto de 2021. Posteriormente, tais atividades serão respostas a partir do diálogo com a chefia imediata;

– Ausência em reunião será justificada como GREVE;

– Em relação ao PONTO ELETRÔNICO, a servidora ou o servidor, deverá utilizar o código “EM GREVE” e anexar como comprovante o Ofício que o Sinasefe Ifes protocolou junto ao Ifes (encontra-se abaixo).

– A servidora ou o servidor, que aderir à Greve Nacional deverá comunicar a sua chefia imediata e, se possível, copiar os(as) colegas de setor ou coordenadoria. Segue proposta de texto para o e-mail: “Em conformidade com o Ofício 58/2021 do Sinasefe Ifes, manifesto minha adesão à Greve Nacional em defesa dos Serviços Públicos e contra a Reforma Administrativa (PEC 32/2020) no dia 18 de agosto”.

NÃO À REFORMA ADMINISTRATIVA! 

Direção do Sinasefe Ifes.

 

Clique aqui e confira o ofício enviado à gestão do Ifes sobre as greves do dia 18 de agosto e a sanitária.

Clique aqui e saiba mais sobre a greve sanitária.

297 View