18 de novembro de 2022
Por: Comunicação


Share This Story !

Conheça a princesa guerreira que marcou a luta contra a escravidão no Espírito Santo

A história tenta apagar as guerreiras e guerreiros negros. Neste Mês da Consciência Negra, que tem o 20 de novembro como Dia da Consciência Negra, o Sinasefe Ifes resgatará a história de diversas personalidades, destacando a importância delas para a luta contra o racismo e por um país mais justo.

A primeira delas trata-se da princesa da nação de Cabinda, em Angola, Zacimba Gaba.

Vendida ao fazendeiro português José Trancoso, na região do Norte do Estado, a princesa Zacimba Gaba marcou a luta contra a escravização no Espírito Santo, no século XVII. Sua história é célebre pela construção de um quilombo, na região conhecida hoje como Itaúnas, contribuindo para a resistência contra a escravização e pela libertação de seu povo.

A sua fuga da Casa Grande é marcada pela paciência, pois ela foi envenenando aos poucos José Trancoso, com o “pó pra amansar sinhô”, que era um veneno feito da cabeça (moída e torrada) de uma cobra.

Além da resistência no quilombo, a princesa guerreira também comandou resgates do seu povo que chegava ao Porto de São Mateus.

Acompanhe as mídias sociais do Sinasefe Ifes e confira as próximas personalidades!

100 View