18 de janeiro de 2022
Por: Comunicação


Share This Story !

O Sinasefe Ifes se solidariza com os familiares e amigos de Gabriel, e cobra das autoridades que haja celeridade e transparência na apuração dos fatos envolvendo a morte do jovem

É com pesar que o Sinasefe Ifes recebeu a notícia da morte do ex-aluno do Ifes Gabriel de Souza Araújo, de 21 anos, ocorrida no domingo, 16, em Nova Venécia, região Norte do Espírito Santo. O corpo do jovem foi encontrado no Rio Cricaré, com sinais de pancada na cabeça, de acordo com a PM.

Gabriel estudou no campus do Ifes da cidade, tendo sido aluno do curso Técnico em Edificações e cursava Licenciatura em Geografia. Gabriel era um ativista dos movimentos sociais, como o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra do Espírito Santo (MST). Conforme postagem do MST nas redes sociais, Gabriel tinha planos de construir um banco de sementes crioulas na região, com o objetivo de contribuir com o resgate de saberes ancestrais acerca da produção de alimentos do campo.

Gabriel era homossexual, e há relatos de que ele sofria preconceito por conta da sua orientação sexual. Movimentos sociais suspeitam de que a morte de Gabriel seja em decorrência de crime de ódio, ou seja, por LGBTfobia.

O Sinasefe Ifes se solidariza com os familiares e amigos de Gabriel, e cobra das autoridades que haja celeridade e transparência na apuração dos fatos envolvendo a morte do jovem.

Direção do Sinasefe Ifes

231 View