30 de abril de 2020
Por: Comunicação


Entre as decisões das/os participantes estão os posicionamentos a favor da suspensão do calendário acadêmico e contrário à adoção de atividades não presenciais durante a pandemia, o que já resultou em ofício encaminhado à Reitoria do Ifes

O Sinasefe Seção Ifes realizou três reuniões nos últimos dias utilizando a plataforma Jitsi Meet, via internet, com servidoras/es e estudantes de diversos campi. No total, já aconteceram três reuniões online, nos dias 21 de abril (servidoras/es dos campi das regiões norte e noroeste), 22 de abril (servidoras/es dos campi da Grande Vitória), e 23 de abril (servidoras/es e estudantes dos campi das regiões sul e serrana). Os encontros, somados, reuniram mais de 150 pessoas.

Para convocar as pessoas para os encontros, houve divulgação no site, nas redes sociais (Facebook e Instagram) e em grupos de WhatsApp para cada reunião e região informando data, horário e os procedimentos técnicos necessários para participar. Faltando 15 minutos para o início, o Sinasefe Seção Ifes enviou o link da sala virtual do Jitsi Meet nos grupos. Bastava clicar para acessar e os encontros aconteceram sem dificuldades técnicas de relevância. A colaboração das/os participantes foi primordial, pois todas/os seguiram os procedimentos de inscrições e tempos de falas, assim como as formas de definição dos encaminhamentos.

Foram debatidas as seguintes pautas: discussão/avaliação das propostas da Reitoria/Comitê de Crise que decidiram iniciar atividades não presenciais em pleno período de isolamento social provocado pela pandemia de Covid-19 (coronavírus); e definição do papel do Ifes no contexto da crise sanitária, social e econômica decorrente da pandemia.

Decisões

Os participantes das reuniões definiram que o Sinasefe Seção Ifes deve defender a suspensão do calendário acadêmico. Além disso, ficou decidido que o Sindicato reivindicará que o Ifes não promova atividades não presenciais letivas durante o período de quarentena, considerando que se trata de um momento de excepcionalidade em que alunas/os e servidoras/es devem se preocupar com a preservação da vida. A reorganização do calendário e das formas de reposição precisa ser discutida democraticamente com a comunidade após o retorno das aulas presenciais.

Além disso, os argumentos para a defesa do posicionamento também foram definidos com a base. Um deles, já encaminhado para a Reitoria do Ifes por meio do Ofício 063/2020 (clique aqui e sabia mais sobre o ofício), ressalta que a pandemia da Covid-19 gerou uma crise sanitária, social e econômica sem precedentes desde a 2ª Guerra Mundial. Por isso, não se trata de um período de normalidade e o foco principal deve ser a preservação da vida.

Além disso, a adoção de atividades remotas esbarra numa série de obstáculos que não poderão ser superados de forma precipitada em plena pandemia, como capacitação das/os professoras/es e estudantes para a boa utilização das ferramentas tecnológicas; formação nos novos processos educativos; acesso à infraestrutura por parte de todas/os as/os alunas/os; e saúde física e mental das/os docentes para prepararem atividades em plena pandemia; entre outros.

Modalidade

O objetivo do Sinasefe Seção Ifes é dar continuidade a essa modalidade de reuniões, sempre promovendo ampla divulgação antes da realização. O Sindicato reconhece a importância de encontrar alternativas neste momento de pandemia para que a categoria continue mobilizada e as questões importantes para servidoras/es e estudantes possam ser debatidas. Dessa forma, se viabilizam ações com o objetivo de proteger a vida de todas/os e a qualidade da educação pública e gratuita oferecida no Ifes.

Apesar de seu Regimento Interno não prever assembleias online, o Sinasefe Seção Ifes entende que o momento político requer tomadas de decisão para a superação das limitações que desafiam a atividade sindical nesta situação repleta de excepcionalidades. Por isso, houve a decisão de realizar reuniões online para qualificar as ações a partir da participação da base.

A experiência que o Sindicato vai construindo no enfrentamento aos desafios impostos pela crise atual também pode apontar para possibilidades de intensificação da participação dos filiados e demais servidoras/es no futuro. Entretanto, é importante ressaltar que mudanças dessa magnitude exigem discussões cuidadosas e amplas antes da tomada de qualquer decisão.

144 View