21 de março de 2019
Por: Comunicação


O sindicato protocolou ofícios junto às reitorias do Ifes e da Ufes e na Escola de Aprendiz de Marinheiros (Eames) comunicando a paralisação

A categoria do Sinasefe Seção Ifes aprovou adesão ao movimento do 22 de Março – Dia Nacional de Luta em Defesa da Previdência, em assembleia geral realizada nessa segunda-feira, 18, no Ifes Campus Vitória.

O dia será uma sexta-feira de protesto contra a contrarreforma da previdência do governo Bolsonaro e contará com atos, manifestações e paralisações pelo Brasil.

IMG_0140

A coordenadora geral do Sinasefe Seção Ifes Lucia Helena Pazzini convidou todos/as para participarem desse dia que será de enfrentamento aos ataques aos direitos da classe trabalhadora. “O sindicato vai apoiar em nível nacional e fortalecer a passeata que acontecerá em Vitória. A mobilização de todos é fundamental”, convidou.

No dia 22, a capital capixaba vai protagonizar uma manifestação que terá concentração na Praça de Jucutuquara, próximo ao Ifes Campus Vitória, às 9 horas. O ato seguirá por avenidas da cidade até o Palácio Anchieta, no Centro.

O sindicato protocolou ofícios junto às reitorias do Ifes e da Ufes e na Escola de Aprendiz de Marinheiros (Eames) comunicando a paralisação. Clique aqui e confira os documentos.

O movimento é organizado pela Central Sindical Popular (CSP) – Conlutas e mais oito centrais sindicais.

Conjuntura

IMG_0150

O coordenador de formação sindical do Sinasefe Ifes, Carlos Alberto Firmino dos Santos, pontuou que o governo fez um duro ataque aos sindicatos com a MP 873/2019, que desautoriza as entidades sindicais de recolherem suas contribuições por meio de desconto em folha de pagamento.

A medida, que foi publicada no dia 1º de março, às vésperas do Carnaval, registrou que os/as trabalhadores/as devem contribuir para o seus determinados sindicatos por meio de boleto de cobrança, que deve ser entregue em casa.

Segundo o advogado do Sinasefe Ifes, Thiago Calhau, o Sinasefe já tomou providências e, agora, aguardamos a decisão da Justiça. “No ES, dois sindicatos tiveram decisões favoráveis”, informou.

Jurídico

O representante da assessoria jurídica do sindicato também informou sobre a adequação dos laudos individuais para os/as servidores/as que possuem o direito à insalubridade, periculosidade e etc.

Cerca de 14 servidores/as da Seção Ifes tiveram seus benefícios cortados, devido ao fato de não estarem de acordo com a Orientação Normativa número 04 de 2017 – que diz que os laudos devem ser individuais.

“Os laudos já estavam sendo adequados, mas identificamos 14 servidores que ainda não possuíam os documentos e tiveram os benefícios cortados. Mas entramos na Justiça para que seja restabelecido o direito até que os laudos individuais sejam realizados”, pontuou o advogado. Clique aqui e saiba mais.

O controle de frequência também foi destaque nos informes jurídicos.

A coordenadora Lúcia chamou atenção da categoria para a importância de não judicializar a demanda e tentar articular a mudança junto á reitoria. “Se perdermos na Justiça, nós fechamos as portas para o diálogo e teremos que seguir o que o juiz determinar”, alertou.

O novo “ponto eletrônico” foi implementado no dia 25 de fevereiro seguindo as determinações do Ministério Público referente à Instrução Normativa número 02 de 2018. Clique aqui e confira.

Ela lembrou que o sindicato participará da comissão que discutirá sobre o controle de frequência. Clique aqui e confira.

Ataque à educadora

A professora o Ifes Campus Aracruz, Flávia Cândida, foi exposta de maneira irresponsável nas redes sociais pelo MBL-ES. O grupo divulgou imagens descontextualizadas da educadora, produzidas às vésperas do carnaval, quando ela estava em um momento de descontração com os alunos.

Após a divulgação do conteúdo, a professora sofreu ofensas graves e ameaças. Confira a nota de repúdio do Sinasefe Seção Ifes.

Como encaminhamento, a diretoria se comprometeu em cobrar da reitoria e do Ifes Campus Aracruz uma posição sobre a situação.

IMG_0136

Informes

A diretoria do Sinasefe Seção Ifes destacou a presença no evento 8M, que aconteceu no Dia Internacional de Mulher, no 08 de março. Atos e manifestações foram realizados em todo o Brasil e no estado uma passeata foi realizada no Centro de Vitória. Clique aqui e saiba mais no Facebook do sindicato.

Também foram destaques na assembleia a revitalização dos GTs. A diretoria frisou que o ponto também será discutido nas próximas assembleias. E a realização da terceira e última etapa estadual para o III Encontro Nacional de Educação (ENE), que será realizada de 12 a 14 de abril, em Brasília.

CIS

A eleição da Comissão Interna de Supervisão (CIS), com muita luta, está encaminhada para acontecer. Uma comissão eleitoral já foi definida e conta com a presença dos servidores Roberto Wallace Viana e Ítalo Severo.

301 View