2 de janeiro de 2013
Por: Haroldo Lima


Share This Story !

Anulação da Reforma da previdência é destaque do boletim. Leia a íntegra abaixo
Pela anulação da Reforma da Previdência!

Mesmo sem a comprovação de que as bancadas dos partidos dos deputados condenados por corrupção passivam tenham recebido para votar com o governo, os ministros podem considerar que o processo teve um vício formal e pode ser anulado.

LEIA A ÍNTEGRA DO BOLETIM AQUI.

Fazendo a análise de que a parte da campanha em defesa da aposentadoria do trabalhador brasileiro é exigir a anulação da votação da reforma da previdência, os servidores públicos, reunidos no Fórum Nacional de Entidades dos SPF’s (Servidores Públicos Federais) irão se integrar e já definiram pelo lançamento de uma campanha política nacional pela anulação da reforma da previdência. Essa campanha será desenvolvida com ações políticas com mobilização junto ao funcionalismo federal e na esfera jurídica com ações judiciais.

No imediato, o Fórum Nacional aprovou a realização de uma reunião com o jurista Dr. Cezar Britto, para tratarem de iniciativa junto ao STF pela anulação dessa reforma. A idéia é formar um grupo de entidades signatárias de uma ADIN, para dar entrada nesse tribunal logo após o final do julgamento da Ação Penal 470 (chamado de Mensalão pela mídia golpista).

A CSP-Conlutas se soma a essa iniciativa e vai dar encaminhamento à campanha política pela anulação da reforma da previdência e para definir as iniciativas jurídicas a serem tomadas tão logo seja publicado o acórdão do julgamento da AP 470.

PELA REVOGAÇÃO DA REFORMA DA PREVIDÊNCIA FINANCIADA PELA AÇÃO PENAL 470!

 

664 View