17 de junho de 2019
Por: Comunicação


No ES, o sindicato participou de atos realizados em repúdio aos ataques do governo aos direitos da classe trabalhadora

Na luta por uma Educação pública, gratuita e de qualidade e em defesa da aposentadoria, o Sinasefe Ifes aderiu ao movimento do “14 de Junho – Greve Geral”.

A greve, convocada pelas centrais sindicais, foi um movimento nacional que contou com apoio de diversas categorias profissionais, movimentos estudantis e sociais.

Membros da diretoria do sindicato marcaram presença nos atos que foram realizados no Espírito Santo (ES). Manifestantes foram para as ruas repudiar as medidas do governo que atacam os direitos da classe trabalhadora.

A luta contra a reforma da previdência e o corte de 30% no orçamento da Educação foram destaques entre as reivindicações.

Para o coordenador de Formação Sindical do Sinasefe Ifes, Carlos Alberto Firmino dos Santos, o ato nasceu da unidade entre estudantes, trabalhadores, centrais sindicais e sindicatos para alertar sobre os riscos dos ataques do governo.

“O nosso ato marcou uma posição contra a reforma que o governo quer impor a todos os trabalhadores do Brasil, trazendo mais pobreza, mais desigualdade. Enquanto parte dos valores serão repassados para o sistema financeiro”, alertou o coordenador.

Confira imagens do ato em São Mateus

Confira imagens da Greve Geral na Grande Vitória no Facebook



97 View