8 de setembro de 2019
Por: Comunicação


Diretoria do sindicato esteve presente na passeata em defesa dos direitos da população e contra as diversas formas de violências. O ato foi realizado em Cariacica, no dia 7 de setembro

Centenas de pessoas participaram do “25º Grito dos Excluídos e das Excluídas”, realizado no dia 7 de setembro, Dia da Independência do Brasil, em Cariacica.

A diretoria do Sinasefe Ifes esteve presente nessa caminhada, na luta em prol dos direitos das populações mais carentes da sociedade e contra as diversas formas de violências.

O ponto de concentração para o ato foi na Praça de Porto de Santana e, do local, os/as presentes realizaram uma passeata por bairros vizinhos.

Bandeiras em defesa dos direitos trabalhistas e previdenciários, contra o desmatamento da Amazônia e em defesa da Educação foram destaques na caminhada.

O diretor da Coordenação de Pessoal do Segmento Docente do Sinasefe Seção Ifes, Thalismar Matias Gonçalves, fortaleceu a luta e destacou a importância da manifestação acontecer em uma região considerada periférica.

“O ato foi muito bom, muita gente esteve presente. Assim como representações de movimentos sociais, de sindicatos e da Igreja Católica. A proposta de continuar nas periferias é muito importante para dar luz aos problemas sociais que aquela população enfrenta”, pontuou.

A passeata do “25º Grito dos Excluídos e das Excluídas” foi organizada por pastorais sociais da Igreja Católica e movimentos sociais.

Alas de protesto

A manifestação contou com quatro alas. E os temas em destaque foram “Direitos Sociais”, “Direitos Humanos”, “Defesa da Democracia” e “Luta pela Questão Ambiental”.

“Muito interessante essa organização e as pautas foram bem destacadas, como as questões relacionados ao meio ambiente e aos cortes nos direitos da população”, apontou o coordenador do Sinasefe Ifes.

69 View