24 de julho de 2020
Por: Comunicação


Share This Story !

Ato que reuniu outras organizações aconteceu nesta sexta-feira, 24, em frente à Sedu, em Vitória

Coletivos e entidades sindicais de trabalhadores e trabalhadoras da educação no Espírito Santo, entre elas o Sinasefe Ifes, realizaram, nesta sexta-feira, 24, um ato em frente à Secretaria de Estado da Educação (Sedu), em Vitória. Na manifestação, o grupo reprovou o retorno das aulas presenciais em meio à pandemia, proposto pelo Governo do Estado. 

O grupo contou com o apoio do Fórum em Defesa dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Estado, que reúne cerca de 50 entidades, entre elas o Sinasefe Ifes. Durante o ato, bonecos foram colocados em frente à Sedu simbolizando corpos empilhados. Os manifestantes ainda homenagearam os professores que morreram em decorrência da Covid-19. 

Em manifesto publicado, o grupo avalia com preocupação as tentativas do Governo de retornar com as atividades presenciais nas escolas em um momento em que a pandemia está estabelecida no Estado, com mais de 70 mil casos confirmados da Covid-19 e pouco mais de 2 mil mortes. “O governador Renato Casagrande e o secretário Vitor de Ângelo têm cedido aos empresários da educação privada para o retorno às aulas em plena pandemia, com a taxa de transmissão elevada e sem escutar a comunidade escolar”, destaca o manifesto. 

“Sabemos das precárias condições nas quais as escolas se encontram, uma vez que muitas sequer possuem materiais para higiene. Portanto, não há condições reais das escolas cumprirem os protocolos com o rigor sanitário necessário para a proteção da vida”, pontua o documento.

Clique aqui e confira o manifesto em PDF. 

Confira as fotos:

Com informações do Século Diário. 

186 View