14 de maio de 2020
Por: Comunicação


A prorrogação do mandato da gestão 2018-2020 em função da pandemia do Covid-19 também será debatida nas assembleias. Saiba como participar!

Pauta das assembleias onlines:

1. Informes Gerais;

2. Prorrogação da gestão 2018-2020;

3. Judicialização contra a implantação de atividades pedagógicas não presenciais no Ifes.


A primeira assembleia será no dia 20 de maio, às 18 horas, para os sindicalizados e sindicalizadas dos campi: Aracruz, Barra de São Francisco, Colatina, Linhares, Montanha, Nova Venécia, São Mateus, Serra.

Para participar, acesse o link: https://chat.whatsapp.com/L18qBaPWT6U9GmpecVVeLr que dá acesso ao grupo de Whatsapp, no qual serão disponibilizadas ferramentas para a participação na assembleia (uso exclusivo para esse fim).

A segunda assembleia será no dia 21 de maio, também às 18 horas, para os sindicalizados e sindicalizadas dos campi: Criarte, Eames, Reitoria, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Centro-Serrano, Guarapari, Ibatiba, Piúma, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Velha, Vitória.

Para participar, acesse o link: https://chat.whatsapp.com/LP1mAoEWKe35P2Dox9Fe9r que dá acesso ao grupo de Whatsapp, no qual serão disponibilizadas ferramentas para a participação na assembleia (uso exclusivo para esse fim).

Importante!

– A pauta sobre a prorrogação do mandato da gestão se relaciona a uma demanda de excepcionalidade decorrente da pandemia da Covid-19. Com a impossibilidade de realização dos trâmites para o processo eleitoral, após consulta e em anuência com as orientações do setor jurídico do Sinasefe Ifes, a recomendação da Comissão Eleitoral é que o mandato da atual gestão seja prorrogado, para ser apreciada pela Assembleia Geral, que é instância máxima da entidade. O mandato atual se encerra no dia 20/06/2020. A recomendação da Comissão Eleitoral é que o mandato seja prorrogado até o dia 28/02/2021. Sendo que o reinício do trabalho da Comissão Eleitoral ocorrerá logo que as condições permitirem.

– Sobre a pauta judicialização contra a Resolução que autoriza a implementação das atividades pedagógicas não presenciais: caso o MPF não adote ações no sentido de suspender as atividades não presenciais letivas, conforme a recomendação do Sinasefe Ifes protocolada no dia 13 de maio, a ação prevista nesse contexto será entrar com uma medida judicial contra o Ifes para suspender a Resolução nº1/2020, aprovada pelo Conselho Superior no último dia 07/05. Como essa possibilidade é mais complexa que as anteriores, é de extrema importância a participação de todos nas assembleias. A assessoria jurídica do Sinasefe Ifes estará presente nas assembleias para informar sobre e tirar dúvidas.

Confira as convocatórias completas abaixo:

268 View