24 de junho de 2020
Por: Comunicação


Ação aconteceu nos meses de abril e maio e beneficiou famílias em seis municípios capixabas

Em meio à pandemia da Covid-19, com os impactos do vírus na economia e na renda das pessoas, a solidariedade se torna cada vez mais importante. Pensando na situação, a diretoria do Sinasefe Seção Ifes promoveu uma ação social em seis municípios do Estado com a doação de cestas básicas, produtos de higiene e máscaras, entre o meses de abril e maio. 

A ação foi uma iniciativa da direção do sindicato. Para a atividade, a entidade disponibilizou R$ 6 mil que foram destinados às ações sociais. A destinação está prevista no artigo 44, parágrafo único, do Regimento Interno.

A diretoria selecionou projetos sociais e entidades pré-cadastradas no sindicato. Foram escolhidas entidades em Vitória, São Mateus, Viana, Aracruz, Colatina e Nova Venécia. A maior parte das doações foi em cestas básicas e produtos de higiene, totalizando R$ 5 mil, e o restante em máscaras de proteção, que foram doadas aos servidores e terceirizados com atuação direta no Ifes do campus de Colatina. 

“A nossa preocupação, enquanto Sinasefe, é de estar apoiando, justamente a população que está mais carecendo, está sofrendo mais com essa pandemia. A gente, enquanto entidade, tem essa responsabilidade social. Percebemos que, enquanto entidade, temos esse dever cívico, de dar assistência às famílias nesse momento que elas estão passando”, destaca a diretora do Sinasefe Seção Ifes Cristina Mota Damasceno. 

Damasceno destinou mil reais à Associação Indígena Tupiniquim e Guarani, em Aracruz. O montante foi repassado à Aldeia Caieiras Velha. 

Conforme o cacique Fabiano da Silva Lemos, a situação na comunidade está difícil, devido aos efeitos da pandemia, e que, na aldeia, muitas pessoas estão desempregadas e sem ter como procurar por emprego. Com o dinheiro, ele explica que conseguiu doar cestas básicas a 11 famílias, das 700 que vivem no local. No momento, a associação está recebendo doações. 

“Pra gente foi muito bom, muito importante, porque, no momento, na comunidade, tem muita gente desempregada, tem muitas pessoas que não têm como ir trabalhar, procurar serviço. As pessoas já têm medo com a questão do vírus, e fica cada vez mais difícil (procurar emprego). (A doação) ajudou bastante. Fizemos as doações, e quando chegamos nas casas das pessoas, teve pessoa que chegou a chorar. É triste, mas ao mesmo tempo é emocionante”, disse o cacique. 

Confira abaixo as doações:

Diretora: Lucia Helena Pazzini de Souza – técnico administrativo (campus Vitória) – entidade indicada Associação de Paneleiras de Goiabeiras.

Diretor: Manoel Tadeu Alves dos Santos – docente (campus São Mateus) – Cestas básicas a  16 famílias de estudantes dos cursos técnicos e dos cursos de graduação do Campus de São Mateus. 

Diretor: Thalismar Matias Gonçalves – docente (campus Viana) – Cestas básicas e material de Higiene para a entidade AfirmAção – Rede de cursinhos populares. 

Diretora: Cristina Mota Damasceno – técnico administrativo (Reitoria) – entidade Associação Indígena Tupiniquim e Guarani – município de Aracruz. 

Diretor: Levi de Castro Ramos – técnico administrativo (campus Colatina) – Distribuição de 50 máscaras no campus de Colatina para os servidores e terceirizados.

Diretor: Weverton Pereira do Sacramento – docente (campus Nova Venécia) – destinou cestas básicas em Nova Venécia.

Confira as fotos das doações:

177 View